To play, press and hold the enter key. To stop, release the enter key.

Cristina Zarur

Imagens de familiares em porta retratos se mesclam com os reflexos das janelas. Ali onde a cidade invade o espaço interno, a memória mistura passado, presente e ausências.  A obra se constrói partir do verso de Carlos Drummond de Andrade, “... é apenas uma fotografia na parede, mas como dói”.